QUER CONTRIBUIR?

Ainda não é cadastrado?
Você pode fazer a diferença!

CADASTRE-SE!

CADASTRE-SE

ok

Cadastro realizado com sucesso!

VEJA AS IDEIAS QUE JÁ FORAM PUBLICADAS

enviar sua ideia
Sergio B. Kappel

Educação à Distância - EaD: Investindo em escala nacional na Educação e a Qualificação Profissional

Um grande Projeto que, dentro do mesmo escopo, atenda 3 demandas importantes da indústria brasileira:
1) Desenvolver amplos Programas Educacionais em E-Learning, com linguagem dinâmica e recursos multimídia de qualidade, para reduzir o "gap" educacional de milhões de trabalhadores que ainda não possuem o 1. e o 2. grau completos;
2) Desenvolver Centros de Capacitação Técnica e Tecnológica c/ Metodologias EaD e uso intensivo de jogos e simulações por software que recriem situações e dificuldades típicas de processos industriais para que os operadores sejam qualificados no seu segmento de especialidade. É possível criar ambientes 2D e 3D que permitam demonstrar operações de montagem e manutenção industrial de forma simulada, contendo muitas minúcias e detalhes construtivos e operativos de ferramentas, máquinas e instalações; e
3) Reciclagem de professores e instrutores usando Metodologia EaD com suporte de modernas Salas digitais localizadas em locais estratégicos do país.

Assim com material de qualidade e didática inovadora, com apoio de tutores especialistas pela internet, é possível atender com uma ampla carteira de cursos uma grande demanda de trabalhadores e/ou instrutores em qualquer parte do Brasil com qualidade e avaliação rigorosa de conhecimentos tanto teóricos, quanto práticos que as aplicações como os Laboratórios Virtuais, os "business games" e os "serious games" estão a permitir.

E você, o que pensa disso?
Para comentar sobre essa ideia faça seu login ou cadastre-se

2 comentários

CNI disse: 20-08-2012

Sergio, obrigado por sua participação. Compartilhe sua ideia com os amigos e os convide a votar. Abraços.

Odair disse: 24-09-2012

Sérgio, acredito que este é um ótimo caminho para aumentarmos a capacitação da mão-de-obra brasileira. O Brasil tem o segundo maior déficit de trabalhadores qualificados no mundo e desenvolver soluções de alta tecnologia alinhada maximização do aprendizado através de plataforma interativas de ensino é uma boa opção.

TERMO DE USO

Os sites www.industriatempressa.com.br e www.aindustriatempressa.com.br fazem parte de uma campanha da Confederação Nacional da Indústria e oferecem informações sobre o cenário da economia e da indústria brasileira e um serviço de criação e repositório de ideias sobre o assunto, a partir da integração de diversas fontes de conteúdo.

Para a publicação de ideias do usuário sobre competitividade industrial, o site solicita o envio de informações pessoais, como nome completo e e-mail. O envio dos dados representa a aceitação expressa e irrestrita dos termos de uso abaixo descritos.

O visitante poderá usar este site apenas para finalidades lícitas. Este espaço não poderá ser utilizado para para publicar, enviar, distribuir ou divulgar conteúdos ou informação de caráter difamatório, obsceno ou ilícito, inclusive informações de propriedade exclusiva pertencentes a outras pessoas ou empresas, bem como marcas registradas ou informações protegidas por direitos autorais, sem a expressa autorização do detentor desses direitos. Ainda, visitantes não poderão usar o site para obter ou divulgar informações pessoais.

A CNI empenha-se em manter a qualidade, atualidade e autenticidade das informações do site, mas não se responsabiliza por eventuais falhas nos serviços ou inexatidão das informações oferecidas. O usuário não deve ter como pressuposto que tais serviços e informações são isentos de erros ou serão adequados aos seus objetivos particulares. A CNI tampouco assume o compromisso de atualizar as informações, e reserva-se o direito de alterar as condições de uso a qualquer momento.

O acesso ao site é gratuito. A CNI poderá, a seu exclusivo critério e em qualquer tempo, modificar ou desativar o site, bem como limitar, cancelar ou suspender seu uso ou o acesso.

É responsabilidade do usuário visitar regularmente esta página e consultar os termos então vigentes.